7 Marcas para te ajudar a consumir de forma mais consciente.

21.05.2017

 A alimentação vegana/vegetariana é também, sem dúvida, um posicionamento político e social bem forte. Isso porque a produção de carne é uma das que mais polui, gasta água e recursos naturais, gerando fome e miséria em muitas regiões do mundo. Quando você reduz ou extingue o consumo de carne da sua vida e escolhe alimentos orgânicos e de produtores locais, você estará diminuindo sua participação nesse processo todo.

O problema é que vivemos em um mundo que tem tantas questões e que muitas vezes eu sinto que o veganismo não é o suficiente, uma inquietação surge aqui dentro toda vez que vejo notícias sobre quando outras indústrias, não só a alimentícia, contribuem para as mazelas e destruição do mundo. Se você já se sentiu assim e quer contribuir cada vez mais para melhorar o mundo esse post é pra você!

 

Sobre a industria têxtil 

Bom, eu resolvi fazer esse post quando minha irmã comentou sobre um documentário que ela viu que tinha foco na industria da moda e têxtil e eu, que sempre gostei de consumir roupas, fiquei logo assustada e curiosa sobre o tema. Fui, então, fazer algumas pesquisas e descobri que a indústria têxtil é hoje a segunda maior consumidora de água do mundo e ocupa o terceiro lugar no descarte de águas residuais no ambiente. Além disso, pra produzir uma calça jeans, estima-se que são usados cerca de 3.500 litros de água e para tingir 1kg de tecido de forma industrial, é preciso de pelo menos 600 litros de água (isso é muito banho!!). Outro dado interessante é que 17 a 20% da poluição da água por indústrias é feita apenas pela industria têxtil. Sem falar no fato de que a industria da moda é uma das grandes responsáveis por impor padrões de beleza e de comportamento que não são nada agradáveis, principalmente pra nós mulheres. E se isso não foi suficiente pra mostrar o quanto essa indústria faz mal, aí vem a parte pior: os tecidos e a maioria das brusinhas que usamos podem causar câncer! Isso rola porque desde a produção do algodão, até o tingimento da roupa, são utilizados inúmeros produtos químicos completamente nocivos à saúde de quem utiliza as roupas, de quem produz os tecido, de quem participa do plantio de algodão e até de pessoas que simplesmente moram nas regiões onde há plantação de algodão e tingimento de tecido. Chocante, né? 

É por isso que fazer nossa parte no mundo requer muito mais atenção e consciência do que pode parecer e precisamos estar sempre atentos a tudo que consumimos para evitar ao máximo contribuir e fazer parte das indústrias que dominam ideológica e financeiramente nosso planeta.

 

E tem solução?

Não vou dizer que é fácil fugir dos preços baixos fruto de escravidão e do excesso de processos químicos que aceleram a produção de algodão, mas existem sim alternativas pra gente se vestir da forma que achamos adequada para nós e sem gastar fortunas e sem participar de todo o processo que falei aí em cima. É o chamado Slow Fashion. O termo foi inspirado no movimento Slow Food e é um movimento que surgiu na moda e prega uma moda sustentável, regionalizada e 'lenta' como uma alternativa à produção em massa. Assim como acontece no movimento culinário, esse movimento busca a criação de consciência e atenção para a moda que consumimos e sua procedência, buscando valorizar cada peça e o tempo de duração delas, aumentando o valor de cada produto de forma a fortalecer a conexão com o ambiente. A Slow Fashion vai contra todo tipo de escravidão e qualquer processo que torne a produção mais acelerada e menos natural e questiona a necessidade e a existência das Fast Fashion, incentivando a criatividade e a durabilidade na produção e escolha de peças e na não exploração de nenhum tipo de vida durante todo o processo. E aqui abaixo estão algumas marcas para você participar desse novo movimento e consumir da melhor forma possível. São marcas veganas, preocupadas com todo o processo de produção de suas roupas e que são sustentáveis para o ambiente. 

 

1. Brisa Slow Fashion 

Brisa é uma marca pra quem curte peças clássicas e atemporais. Ela tem o foco na alfaiataria slow fashion, e é tudo feito à mão! Os tecidos são orgânicos, naturais e de baixo impacto ambiental, os tingimentos também naturais e as técnicas utilizadas são manuais. Vale a pena investir! 

 

2. Mais alma 

 Essa marca além de linda, tem roupas infantis, objetos para a casa, roupas femininas, masculinas e melhor ainda: roupas sem gênero (uma luta super importante nos dias de hoje)!. Eles ainda utilizam a reciclagem na produção. É uma marca pra todos os públicos e idades, um amor. Ela também atende a vários estilos e gostos, e é tudo orgânico!!

 

3. Karmen

 Karmen é a marca de quem curte roupas mais modernas e causadoras. As peças são personalizadas e bastante impactantes. O foco da marca é usar tecidos que a indústria têxtil não utiliza e rejeita, é uma proposta bem legal! 

 

4. Cofi 

 A Cofi é uma marca de calças que é bem artesanal e focada no conforto. A marca é mais voltada para o público masculino, mas tem algumas roupas femininas também. Uma coisa legal sobre a marca é a busca por atender a diversidade de público, tendo tamanhos que vão do 30 ao 50. 

 

5. Bambusa Brasil

 Essa marca é de roupa intima orgânica e com tingimento natural. É uma ótima alternativas àquelas lingeries sintéticas e que além de não serem nada sustentáveis, ainda fazem mal pro nosso corpo e pra saúde da nossa vagina. Tem linha masculina e infantil e o grande diferencial dela é o preço, é bem em conta! 

 

6. Not your babe 

 Sou completamente apaixonada por essa marca, porque ela não é só sustentável, ela também é uma marca independente de mulheres e luta pelo fortalecimento dos negócios das mulheres. A marca tem mais brusinhas e elas são todas muito bonitas e com cunho político e feminista, um tiro. 

 

7. Urban Flowers 

 Essa é uma das minhas marcas favoritas de sapato. Ela é vegana e a produção é toda feita à mão. Os sapatinhos são lindos e feitos com o maior cuidado e é uma marca realmente MUITO barata. No site eles vendem roupas muito lindas também!

 

Tags:

Share on Facebook
Please reload

Search By Tags
Recent Posts

October 17, 2018

Please reload

APPETIZING
ADVENTURES
-
COOKBOOK

© 2023 by APPETIZING ADVENTURES. Proudly created with Wix.com

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon