© 2023 by APPETIZING ADVENTURES. Proudly created with Wix.com

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

Cuidados naturais com a pele e o cabelo

28.09.2018

Um dos temas que as pessoas mais me perguntam no instagram é sobre cuidados naturais com a pele e o cabelo. Apesar de não ser uma pessoa preocupada com beleza, eu obviamente tenho cuidados básicos com minha pele e cabelo e como vegana natureba sei dos perigos ambientais que os produtos de beleza representam, além do fato de que muitos não são veganos. Por isso, nesse post você não vai encontrar nenhuma dica mirabolante, nenhuma marca de produto natural pra cabelo ou pra pele porque realmente não sou dessas que se lota de produtos. Acredito que no quesito cuidados estéticos menos é mais (além de ter uma super teoria da conspiração natureba e achar que marcas de produto de beleza não tem ganho nenhum em melhorar definitivamente nossa pele e nosso cabelo porque isso ia nos tornar independentes deles e eles iam falir e etc hahaha então sempre desconfio). E aqui abaixo estão todos os cuidados tenho comigo mesma e eles são todos super baratos, naturais, saudáveis e ecológicos!

1. Se ame como você é

Siiim, o primeiro cuidado que tenho comigo mesma é me amar! Quer tratamento de beleza mais natural e barato que esse, gente?  Claro que isso não rola de um dia pro outro, é um processo e como todo processo, requer tempo e dedicação. Felizmente, hoje temos acesso a muitos conteúdos, muitos sites, vídeos e pessoas que se amam e se aceitam das mais diversas maneiras e com os mais diversos corpos, tipos de cabelo, de pele. Temos livros sobre autoestima, temos representatividade, temos grupos feministas, coletivos, rodas de conversas, enfim... uma série de recursos que podem nos ajudar nesse caminho. E esse cuidado com você mesma pode começar com um simples exercício: se olhe no espelho hoje, agora, nesse minuto e sorria pra você mesma. Veja como seu sorriso é lindo e incrível, aprecie todas as coisas que você gosta em você agora. E se você pensa que não tem nada em você que goste, pergunte a alguém próximo, porque com certeza essa pessoa vê algo que você ainda não vê. Valorize seu jeito de ser, de olhar, a maneira como você sorri, como seus olhinhos se enrugam ao sorrir e procure em você algo que é só seu. Pode ser uma marquinha no nariz, um despenteado na sobrancelha (eu tenho um tufo de sobrancelha que fica alto nunca abaixa e eu acho ele um barato, me divirto olhando pra ele), uma cicatriz na testa. Se ame, só por um momento. E toda vez que passar no espelho faça isso, tente não reparar algo ruim em você e foque em algo bom, apenas. 

Essa dica é a número um e a mais importante porque a partir do momento que você se ama, a necessidade de truques e tratamentos estéticos vão meio que sumindo. Você vai precisando cada vez menos de uma dica natureba de como ficar sem olheiras se você realmente se acha linda maravilhosa. Aos poucos você vê que é isso: você não dormiu bem ontem, e daí? Pra que você tem que esconder isso? Faz parte. Se aparecer uma espinha, você não vai ficar desesperada atrás de uma máscara facial, você vai simplesmente entender que é aquilo que seu corpo fez naquele momento e que vai passar, você não tem que ser perfeita sempre. Você tem que estar bem pra você e só. Mas caaaso você queira ficar bem, cuidar de algo em você, manter sua pele saudável e legalzinha, as próximas dicas e cuidados tão aí pra isso.

 

2. Cúrcuma, inhame, óleo de coco e água

Quando falo de beleza e saúde da pele e do corpo, penso na questão de uma maneira bem holística e o mais completa possível. O que rola aqui no nosso mundo ocidental é que se você tá com uma olheira, por exemplo, você vai na farmácia e compra um produto que vá disfarçar aquilo ou, em último caso, tratar aquilo. Mas só aquilo. Tudo é muito fragmentado: ruga: remédio pra ruga, espinha: remédio pra espinha, gordura localizada: tratamento estético pra eliminar gordura localizada. Vemos as questões de maneiras muito fragmentadas e acabamos nos fragmentando no caminho.  Comer parece não ter relação direta com a pele, mas de que adianta usarmos 30 produtos diferentes pra pele se não nos alimentamos bem? Somos um todo e pra uma parte ficar bem de verdade, o resto tem que estar também! Logo, para nossa pele ficar boa, para nos mantermos jovens e  saudáveis a melhor dica de beleza é comermos bem. Clichêzão muito real. Por isso trouxe nessa dica os quatro alimentos mais sucesso em cumprir essa missão.

 

Eu preciso mesmo falar dos benefícios da água pro corpo??? Você já sabe tudo sobre a água, certeza. Então vou pular explicações, mas lembre-se beba água seeempre. O óleo de coco também está famosíssimo e super em alta, mas ele realmente ajuda muito a ter uma pele saudável, jovem e nutrida. Passo de três em três dias um pouco em volta dos olhos pra dormir. Passo também nos pés, lábios, mãos e cotovelos e as vezes passo no corpo todo depois do banho. Usar o óleo de coco nas refeições substituindo óleo de soja também é muito saudável e faz bem pro corpo e pra saúde. A cúrcuma é o meu novo amor e vício, porque tomo cúrcuma todo dia. Ela me ajudou muito a não ter resfriados e melhorou muito a minha pele, meus níveis de energia (alô olheiras), minha disposição. Ela é antioxidante natural e além de poder ser ingerido em forma de chá, Golden Milk (que já passei a receita aqui), ser misturado com sua água com limão durante a manhã, misturar com arroz, batatas e alimentos salgados no geral, você ainda pode fazer uma máscara facial bem sucessa, natureba e barata com ela. 

Pra fazer é só bater no mini processador (aquele de bater alho, sabe?) duas colheres de sopa de aveia em flocos (você pode pular essa fase e misturar direto farinha de aveia com cúrcuma) e uma colher de chá cheia de cúrcuma em pó. Coloque num potinho, depois coloque uma colherinha de café de óleo de coco e acrescente água quente até ficar em uma textura de panqueca. Deixe descansar uns minutos e depois apliquei na pele por 15 minutos. Aí é só retirar o excesso com um lenço úmido ou papel higiênico (só se você não quiser sujar sua pia), lavar e tandãã!! Pele macia e gostosinha. Só não deixa a máscara encostar nas sobrancelhas porque a cúrcuma dá uma depilada natural nelas se ficar muito tempo. O inhame, além de ser super versátil na cozinha,  principalmente na vegana, ele é incrível pra pele. Ajuda a retirar espinhas, alergias e a oleosidade. É legal tomar o suco de inhame cru todos os dias pela manhã, fica delicioso com laranja. É só bater o inhame cru e o suco de uma laranja, coar e beber!

 

3. Tônico facial natural

No calor minha pele, que tende a oleosa, fica bem pegajosa e suarenta. Como não gosto de ficar lavando o tempo todo, acho que tira a oleosidade natural da pele, as vezes faço um spray de tônico facial natural pra ajudar na situação. Faço assim: faço meia xícara de chá de camomila, junto com meia colher de café de óleo de coco, um quarto de maçã picadinha e deixo descansando por uma hora mais ou menos. Depois eu coo e coloco em um vidrinho spray e vou borrifando nos momentos de calor intenso. Ajuda a hidratar, acalmar e tonificar a pele. Mas ó, não adianta fazer muito porque perde as propriedades bem rápido. Se você tem a pele seca, pode usar todo dia pela manhã que ajuda muito a hidratar a pele!

 

4. Lavagem de cabelo sem shampoo e condicionador 

Lavo meu cabelo com vinagre e bicarbonato: é bem simples, prático e não, não dá cheiro de vinagre! Funciona assim: o bicarbonato age como shampoo e limpa os resíduos do seu cabelo e o vinagre vem como o condicionador fechando as escamas do fio. Pra lavar eu misturo uma colher de chá bem cheia de bicarbonato com um copo de água e jogo na raiz do cabelo e vou massageando pra ir descendo por todo o fio. Depois diluo uma colher de sopa de vinagre também em um copo de água e jogo na raiz, massageando pra cair por todo o fio. Deixo o vinagre por uns dois minutos e depois enxáguo beeem, massageando bastante o cabelo. De vez em quando as pontas ficam ressecadas, aí eu lavo com shampoo e condicionador low-poo. Tem vários no mercado, é só pesquisar direitinho. Eu gosto muito do efeito do vinagre com bicarbonato, porque meu cabelo é muito liso e sem volume e quando comecei a lavar dessa forma, achei que ele ficou bem mais volumoso, bonito e com textura. O lado negativo dessa lavagem é que ele fica oleoso mais cedo, mas eu acho que vale a pena pelo ambiente e pela minha saúde. Lembrando cada cabelo é um e cada pessoa tem seu histórico capilar pessoal.  Vá testando o que dá certo pra você, o tipo de lavagem, as quantidades, tipo de vinagre... 

 

5. Shampoo seco

Meu cabelo é mais puxado pro oleoso e quando a coisa fica grave, não tem um chuveiro por perto eu uso esse shampoo a seco. Eu só misturo uma colher de chá de amido de milho com uma colher de chá de cacau em pó (porque meu cabelo é escuro) e vou colocando aos pouquinhos na raiz do cabelo com um pincel de maquiagem até retirar a oleosidade. Dura bem e ainda dá um cheirinho de chocolate que eu curto bastante.  

 

6. Desodorante natural e caseiro

 Meu desodorante caseiro é só óleo de coco, bicarbonato e amido de milho pra fazer é só misturar duas colheres de sopa de amido de milho, duas colheres de sopa de bicarbonato de sódio e quatro colheres de sopa de óleo de coco até ficar tudo homogêneo. Eu comecei a usar esse desodorante natural no início desse ano e achei que foi muito benéfico! Inicialmente foi difícil, até compreender os cheiros do meu corpo, entender como o desodorante natural funcionava e acertar a receita pro meu corpo. E aqui vão algumas dicas importantes para acelerar sua adaptação: 1. passe o desodorante por tooda axila, não só no meio (naquela região que tem pelos, sabe?).  2.  é um desodorante natural e por não ter produtos químicos, pode durar menos do que os industrializados, então, repasse ao longo do dia. 3. por fim, tenha paciência porque os desodorantes industriais são antitranspirantes e acostumar com o suor do seu corpo é difícil, mas é só no início. Depois, sua axila vai suando cada vez menos e tudo fica melhor, pode confiar! Vale muito a pena. 

 

7. Hidratação Corporal 

Eu amo a sensação de passar creme no corpo depois do banho. É tão bom, me faz entrar em contato comigo, com meu corpo e com minhas necessidades. Aproveito o tempo pra fazer uma massagem pelo corpo e principalmente nos pés. Nossa pele é o maior órgão do corpo humano e absorve tudo que passamos nela, por isso, não é legal passarmos produtos industrializados, cremes com ingredientes que nem sabemos o que é. Tudo que passamos na pele vai pra dentro do nosso corpo e pode tanto nos nutrir, quanto nos adoecer, por isso a regra: não passe nada no seu corpo que você não comeria. Pra hidratar o corpo use óleos vegetais, dando preferência aos que são saudáveis, naturais e comestíveis! O que uso atualmente é o óleo de semente de uva natural, que tem muita vitamina E. Compro lá no www.mundodosoleos.com! Óleo de coco, que já falei lá no início, e óleo de gergelim prensado a frio também são ótimas opções. Sendo que inverno, o indicado é usar o óleo de gergelim prensado a frio, que é um óleo que esquenta a pele e no verão o indicado é o óleo de coco, que tem natureza refrescante. Lembrando que tomar banhos mais mornos e ter equilíbrio na hora de tomar sol também ajuda na hidratação corporal. 

 

Share on Facebook
Please reload

Search By Tags
Recent Posts

October 17, 2018

Please reload

APPETIZING
ADVENTURES
-
COOKBOOK